X

News

ANI debate os desafios futuros no financiamento às empresas

20 de novembro, Câmara do Comércio de Barcelona

No âmbito do projeto Smart Finance do Interreg SUDOE, a ANI participou numa “Mesa Cuadrada” para debater o tema dos apoios financeiros às PME. O encontro juntou vários especialistas com o objetivo de perceber como suprimir as lacunas que ainda existem no sistema de financiamento às empresas e empreendedores. Também foi feito um balanço dos principais resultados do projeto, foram analisados desafios futuros e partilhados insights importantes sobre política pública. Discutiu-se ainda quais as possibilidades de disseminação e, sobretudo, de capitalização de resultados, como formas de potencializar o sucesso deste projeto.

ISBarcelona

Apoiado em tecnologias de informação e comunicação, o Smart Finance pretende aumentar a competitividade e a internacionalização das PME do Sudoeste Europeu (Portugal, Espanha e França) e reforçar a competitividade das micro, pequenas e médias empresas. Visa ainda simplificar os processos de acesso ao crédito e melhorar a eficácia dos mecanismos de oferta e procura.

Desenvolvido no âmbito do Programa Interreg SUDOE, o Smart Finance foi fundando por associações empresariais, câmaras de comércio e Universidades de Espanha, França e Portugal, num total de 8 entidades.

Para além da ANI, integram o projeto a Câmara de Comércio de Oviedo (coordenador), a Câmara de Comércio de Barcelona, a Câmara de Comércio da Comunidade de Valência, o Instituto de Competitividade Empresarial de Castela e Leão, a Universidade de San Jorge, o Conselho Regional de Câmaras de Comércio de Nouvelle Aquitaine (França) e a Associação Nacional de Jovens Empresários (Portugal). Com um orçamento de 1,4 milhões de euros pretende-se que o Smart Finance seja capaz de sugerir alternativas de financiamento, prestar assessoria individualizada e melhorar a cultura e a capacidade de gestão empresarial. O seu objetivo último é promover a atividade e o espírito empresarial, a criação de novas empresas no espaço SUDOE, fortalecer as já existentes, aperfeiçoando a especialização, e alavancar a criação de emprego e de autoemprego.

Mais informação

IS

Etiquetas: