X

Notícias

PME Nacionais Recebem 4,6 milhões de Euros da Comissão Europeia para investir em Inovação

No âmbito do SME Instrument, acabaram de ser aprovados financiamentos no valor global de 4,6 milhões de euros para 3 empresas portuguesas: Xhockware SA, STRA Lda e EQS-Serviços de Engenharia, Qualidade e Segurança Lda. No primeiro semestre de 2016, Portugal já captou 5,9 milhões de euros neste instrumento do Programa Horizonte 2020 vocacionado para apoiar as PME.

Neste mais recente concurso da Fase 2 do SME Instrument, 22 PME portuguesas submeteram propostas, para uma taxa de sucesso de 13,6%. Portugal tem, assim, a melhor prestação de sempre. A nível europeu foram submetidas 1.167 propostas e apenas 56 foram financiadas, representando uma taxa de sucesso de 4,8%. Os três projetos nacionais financiados passaram anteriormente pela Fase 1 do SME Instrument e foram acompanhados pelo GPPQ – Gabinete de Promoção do Programa-Quadro.

Estes indicadores vêm consolidar a entrada de Portugal na Liga dos Campeões do Horizonte 2020, dada a competitividade das propostas apresentadas. Verifica-se uma marcada tendência de crescimento do sucesso na Fase 2 do SME Instrument, sendo este o 2º cut-off consecutivo em que a participação nacional supera a média europeia.

Para José Carlos Caldeira, Presidente da Agência Nacional de Inovação, “estes resultados vêm confirmar a evolução muito positiva da participação nacional no Programa Horizonte 2020, agora também nos instrumentos mais direcionados para as empresas, e são fruto de um trabalho de sensibilização, promoção e apoio mais próximo da comunidade empresarial”.

Até à data, apenas duas empresas portuguesas tinham visto as suas propostas serem financiadas nesta Fase 2 do SME Instrument: a SwordHealth, em 2014, e a UBQ II, em 2016. Neste 3º cut off de 2016 as três empresas beneficiárias são:

STRA Lda., nome comercial STRATIO: O projeto “JAM – Vehicle predictive maintenance through Artificial Intelligence” consiste numa solução de IoT para veículos que permite reduzir os custos operacionais da gestão de frotas através da redução de consumo de combustível e custos de manutenção.

EQS – Serviços de Engenharia Qualidade e Segurança lda (www.eqs-global.com): O projeto “NANO – Low-Cost Real-Time Nanomagnetooptical Integrity Monitoring Tool and Intelligent Asset Integrity, Risk and Performance Management Software” consiste no desenvolvimento de uma plataforma web de monitorização e gestão em tempo real de activos, segurança e desempenho para a indústria química, petrolífera, gás, e energia.

XHOCKWARE SA: Através do “YouBeep – InStore mobile shopping and analytics”, a empresa desenvolveu uma solução de check-out para o mercado de retalho que permite a um cliente pagar um carrinho de compras em menos de um minuto usando apenas um telemóvel.

O SME Instrument tem o objetivo de apoiar PME com vocação altamente inovadora e capacidade de introduzir alterações disruptivas nos mercados atuais. Está dividido em duas fases: a primeira, na qual são disponibilizados 50 mil euros por projeto, tem como finalidade financiar o desenvolvimento do estudo de viabilidade. A Fase 2, com um financiamento até 2.5 milhões de euros por projeto, visa o apoio a atividades relacionadas com o desenvolvimento e demonstração da inovação.

As propostas são avaliadas de 0-15, sendo que 12 é a pontuação mínima para serem financiadas, mediante a disponibilidade de orçamento. Das 22 propostas portuguesas, 14 ultrapassaram esse valor e irão por isso receber o Seal of Excellence da Comissão Europeia.

Etiquetas: