X

Notícias

Economia do Mar: importância e inovação do setor em debate na ANI

ForumOceano_Foresight_500x335Rui Azevedo, Secretário-Geral da Fórum Oceano – Associação da Economia do Mar, foi o orador convidado pela ANI para mais uma edição do “Foresight” – uma iniciativa da comunicação interna que pretende expor e debater as principais tendências nos vários setores da economia nacional.

A importância da Economia do Mar para o nosso país foi um dos temas em destaque na sessão. Já em 2013, o conjunto de atividades económicas que integram o perímetro da Economia do Mar representava, de acordo com a Conta Satélite, 3,1% do PIB –  com as exportações a serem superiores às importações – e contribuía para 3,6% dos empregos no país. A Economia do Mar mostrou grande resiliência durante o período de crise tendo um comportamento mais favorável do que o verificado para o conjunto da economia nacional. De acordo com a Estratégia Nacional para o Mar o objetivo é que o VAB da economia do Mar no VAB nacional represente, em 2020, mais 50% daquilo que representava em 2013.

O crescimento tem sido suportado pela modernização e inovação em setores mais maduros da Economia do Mar como a fileira do pescado, o turismo, as indústrias navais e os portos, transportes marítimos e logística e pela aposta na inovação em setores emergentes como o das biotecnologias marinhas e das energias marinhas renováveis onde Portugal tem sido pioneiro, nomeadamente, através da ação da WavEC.

Para o futuro, reconhecida a importância que a atribuição de apoios desempenha ao impulsionar novos projetos que dinamizem o setor, foi lançado o desafio de reforçar a relação já bastaste positiva entre a ANI e os associados da Fórum Oceano.

55 dos mais de 120 associados da Fórum Oceano, já participaram em mais de 1300 projetos de I&D, tendo sido contratado 215 milhões de euros em financiamento, através das medidas de incentivo geridas pela ANI.

Etiquetas: